5 dicas para reduzir custos na sua oficina sem cortar sua produtividade

 

O fluxo de caixa da sua empresa está sendo prejudicado por contas que não fecham? Você acha que o consumo de insumos básicos pode ser otimizado e, consequentemente, reduzido? Se você quer reduzir custos da sua empresa e não sabe por onde começar, este texto é para você!

Estamos em um período delicado economicamente, o que nos leva a reconsiderar todos os tipos de gastos existentes na organização. Mas não se desespere! Para não acabar o mês no vermelho e pensar em medidas drásticas – como o corte de equipe – algumas ações simples podem ser feitas para diminuir os gastos fixos do seu negócio, aumentando, consequentemente, seu lucro.

Continue lendo para saber 5 dicas essenciais para quem quer reduzir custos e lucrar mais sem gastar nada!

1. Adote a terceirização em determinados setores

A reforma trabalhista em vigor permite que as empresas optem pela terceirização de determinados serviços e profissionais, o que garante uma enxugada drástica de gastos.

Por exemplo, a limpeza e a vigilância da sua empresa podem ser terceirizadas por empresas que trabalham com esse tipo de serviço. Dessa forma, o salário, benefícios e outros gastos que você poderia ter com apenas um profissional contratado com carteira assinada pode ser substituído pela terceirização.

Mas como ela funciona? A terceirização é simples: você contrata uma empresa ao invés de contratar um funcionário. Essa empresa, especializada em algum ramo necessário em sua organização, disponibiliza o serviço de seus empregados.

Mas, lembre-se, você não pode terceirizar o setor principal da sua empresa. Por exemplo: se você possui uma oficina mecânica, não será possível terceirizar seus mecânicos.

2. Faça uma pesquisa de mercado e renegocie o contrato com seus fornecedores

O mercado é extremamente competitivo em todas as áreas e você não pode ficar preso a um fornecedor ou outro. Por isso, é importante rever os contratos com seus fornecedores de serviços básicos (como telefone e internet) para diminuir o preço dos contratos.

Se tratando de telefonia, principalmente, as empresas visam bastante o mercado B2B, ou seja, captar clientes corporativos. Tendo em vista a competitividade e a alta oferta de serviços de diferentes empresas, é fácil fazer um comparativo para reduzir gastos por um contrato mais barato.

Além de pesquisar entre o mercado e negociar com os fornecedores, é essencial rever os gastos da empresa. Faça uma avaliação sobre o uso destes recursos e corte o que não tiver grande impacto na produtividade da sua equipe.

3. Seja ecofriendly

Ser sustentável é mais do que fazer ações que serão bem vistas pelo mercado e pelos consumidores. A sustentabilidade também diz respeito a diminuição de gastos desnecessários com luz, água etc. Portanto, diminua o gasto com iluminações que sobrecarregam a conta de luz, troque lâmpadas que gastam muito e reavalie o uso contínuo do ar condicionado.

Procurar no mercado a existência de aparelhos que consomem menos energia pode soar como um luxo, mas, no final das contas, o investimento vale a pena. Alguns itens podem ser mais caros, mas sua economia garante uma diminuição significativa nas contas do fim do mês.

Além de água e luz, a economia pode ser feita cortando copos de plástico, que são grandes poluentes e itens que pesam no bolso da empresa. Substitua-os por canecas individuais e, até mesmo, canecas personalizadas! Além de ajudar a reduzir custos, elas farão sucesso entre a equipe.

4. Tome cuidado ao contratar ou demitir funcionários

Como você já deve saber, a contratação e a demissão de funcionários custa muito para a empresa. Na contratação são necessários treinamentos e na demissão direitos trabalhistas. Ambos são fatores importantes que não devem ser esquecidos nestes momentos.

Ao contratar alguma pessoa, portanto, tenha certeza de que ela é a pessoa certa para a vaga e que oferece segurança de não sair da empresa após pouco tempo. Além de treinar um novo funcionário, uma nova contratação significa fazer reconfigurações na equipe, o que pode diminuir seus lucros.

Ao demitir, além dos direitos trabalhistas obrigatórios, a ausência do funcionário traz uma redução de lucratividade para a empresa, já que a equipe fica deficitária. Este problema só irá ser resolvido quando a nova contratação for feita e a pessoa for completamente inserida dentro daquela cultura e rotina.

5. Renegocie dívidas e tarifas bancárias

O mais indicado é que as empresas evitem ao máximo fazer dívidas, afinal, os juros bancários são sempre exorbitantes. Porém, sabemos que, às vezes, os empréstimos se fazem necessários.

Se você se encontra diante desta situação, tente renegociar as dívidas e as respectivas tarifas com seus credores. Esta é uma possibilidade interessante de reduzir juros e quitar dívidas com mais facilidade.

 

Voltar

Rod. BR 369 - KM 58 número 100 - A
Bandeirantes / paraná
+55 43 99600-1126
sindirepabandeirantes@fiepr.org.br

Desenvolvido por Ultracar